A CONSTELAÇÃO FAMILIAR NAS RELAÇÕES DE FAMÍLIA: uma análise à luz do ordenamento jurídico brasileiro

Autores

  • YASMIN PENA RADUENZ FACULDADE DAMAS DA INSTRUÇÃO CRISTÃ

Resumo

A presente monografia tem como objetivo geral demonstrar que a constelação familiar é um método de autocomposição. Para tal, tem como objetivos específicos: 1) a evolução histórica do processo civil, da conciliação e da mediação; 2) Analisar oque é a autocomposição dentro do processo civil e quais são as suas formas; 3) Aborda-se como é a constelação familiar e sua aplicação dentro do processo civil e do poder judiciário. O problema a ser enfrentado, tem como ponto central o seguinte problema: a constelação familiar pode vir a ser uma forma de autocomposição no direito processual civil? A reflexão acerca desta questão pauta-se na utilização do método dedutivo e uso do estudo descritivo. Serão utilizadas pesquisas bibliográficas em livros, artigos jurídicos, legislação nacional, legislação específica, monografias, valendo-se ainda da conclusão de que a constelação familiar é uma forma de autocomposição.

Downloads

Publicado

2022-04-05

Como Citar

RADUENZ, Y. P. . (2022). A CONSTELAÇÃO FAMILIAR NAS RELAÇÕES DE FAMÍLIA: uma análise à luz do ordenamento jurídico brasileiro. Portal De Trabalhos Acadêmicos, 6(2). Recuperado de https://revistas.faculdadedamas.edu.br/index.php/academico/article/view/2105

Edição

Seção

DIREITO