O PODER BRANDO DA TELENOVELA MADE IN BRAZIL: OS EFEITOS DA EXPORTAÇÃO DO PADRÃO GLOBO DE PRODUÇÃO PARA CUBA

Autores

  • VANESSA PATRICIA ANDRADE DE SOUZA FACULDADE DAMAS DA INSTRUÇÃO CRISTÃ

Resumo

O presente trabalho é um estudo sobre as telenovelas brasileiras, iniciado com informações sobre o crescimento desse gênero no âmbito nacional e posteriormente no global, apresentando como sua prioridade o estudo da indústria cultural brasileira como poder brando na sociedade cubana. São utilizados os conceitos do soft power, de Joseph Nye, e de indústria cultural, de Theodor W. Adorno e Max Horkheimer, na investigação da influência a partir do consumo dos títulos que possuem o padrão Globo de produção. As fontes bibliográficas utilizadas foram monografias, artigos, livros e sites no campo das relações internacionais, sociologia, filosofia e comunicação, também foi conduzido um trabalho netnográfico através de sites cubanos. Ao longo da investigação, tornou-se possível averiguar informações especificas sobre Cuba. Como resultados, identificamos que as relações do público da ilha com as telenovelas estão cada dia mais naturalizadas possuindo um significativo poder de influência promovendo alterações em diversas esferas do cotidiano da sociedade cubana.

Downloads

Publicado

2022-04-05

Como Citar

SOUZA, V. P. A. D. (2022). O PODER BRANDO DA TELENOVELA MADE IN BRAZIL: OS EFEITOS DA EXPORTAÇÃO DO PADRÃO GLOBO DE PRODUÇÃO PARA CUBA. Portal De Trabalhos Acadêmicos, 6(2). Recuperado de https://revistas.faculdadedamas.edu.br/index.php/academico/article/view/2053

Edição

Seção

RELAÇÕES INTERNACIONAIS