ARQUITETURA INSTAGRAMÁVEL: O RETAIL DESIGN DA ERA DIGITAL

Autores

  • MIDIAN MICHELLY RIBEIRO LOPES FACULDADE DAMAS DA INSTRUÇÃO CRISTÃ

Resumo

Para muitas pessoas, a experiência de visita a uma determinada loja, show ou atividade só é plena e integral quando pode ser compartilhada entre os seguidores. A partir desse contexto, os espaços físicos passaram a ser considerados como aqueles que são instagramáveis ou não – ou seja, aqueles em que a experiência de consumo é capaz de ser partilhada nas redes sociais. Em tais locais, a arquitetura acaba se destacando e gerando cenários e experiências de consumo únicas, que correspondem à criação de emoções que, a partir do consumo de determinado produto ou serviço, pode experienciar vivências singulares, satisfazendo não apenas uma necessidade evidente, mas uma série de aspectos subjetivos. Frente ao exposto, assume-se como objetivo desta pesquisa analisar a influência dos elementos da arquitetura instagramável, como ferramenta para agregar valor à experiência de consumo. Para cumprir ao que se propõe, este estudo, de caráter exploratório foi desenvolvido a partir de pesquisa bibliográfica sobre os conceitos que alicerçam a arquitetura instagramável. Também foi realizado um estudo de caso em um estabelecimento comercial do ramo de alimentação. A utilização do segmento gastronômico foi escolhida tendo em vista que é um dos que mais demanda projetos de arquitetura instagramável. Dentre os resultados, verificou-se que a partir do uso de cores, projeto de ambientes, iluminação, uso do lúdico, de letreiros, elementos em neon e demais fatores, em conjunto, são capazes de exercer uma dupla influência sobre o consumidor: (i) atraindo aqueles que passam em frente ao estabelecimento, de modo a despertar a curiosidade em conhecer a loja; e (ii) gerando engajamento para aqueles que são impelidos a adentrarem no estabelecimento, tanto no processo de compartilhamento de fotos e conteúdos nas redes sociais, quanto estimulando o retorno, a partir da fidelização do cliente – obtida graças às sensações de acolhimento e bem-estar transmitidas pelo espaço. Ambos os fatores evidenciam a influência que a arquitetura é capaz de exercer em aspectos comerciais.

Downloads

Publicado

2022-08-25

Como Citar

LOPES, M. M. R. . (2022). ARQUITETURA INSTAGRAMÁVEL: O RETAIL DESIGN DA ERA DIGITAL . Portal De Trabalhos Acadêmicos, 8(2). Recuperado de https://revistas.faculdadedamas.edu.br/index.php/academico/article/view/2333

Edição

Seção

ARQUITETURA E URBANISMO